“Ter um caminhão próprio sempre foi um sonho”, afirma José Jailson

3
25685

Jailson é apaixonado por caminhões e desde 1991 não sai mais da boleia

IMG-20170220-WA0033
José Jailson da Silva, o ganhador do Atego 2430

O caminhoneiro José Jailson da Silva ainda não acredita que ganhou um Atego 2430 novinho. Depois de assistir ao programa mais de dez vezes no site do Brasil Caminhoneiro, se questiona: “será que sou eu mesmo?”.

Morador de Itabaiana, na Paraíba, Jailson estava entre os 10 finalistas que tiveram o cupom sorteado na Promoção Compre e Concorra, sorteio que correu pela Loteria Federal dia 8 de fevereiro. No último domingo, dia 19, foi contemplado com uma estrela da Mercedes-Benz. No entanto, encontrar Jailson não foi fácil para nossa produção.

Veja também: Confira os melhores momentos do sorteio do segundo Atego 2430

Procurando Jailson

Devido à falta de preenchimento de alguns dados, parecia impossível achar o paradeiro do sortudo. O primeiro passo foi entrar em contato com a agência dos Correios da cidade. “O funcionário se prontificou a mandar o carteiro que faz a entrega de cartas na região ir até a casa do Jailson e pegar um número de contato”, afirma a produtora da Caravana Siga Bem, Anelize Lazari.

Depois de muito tentar, Anelize conseguiu falar com a esposa, que estava no trabalho e informou que não havia previsão de retorno do marido, que estava na estrada. Ao desligar o telefone, a produtora recebeu uma mensagem de Marlena Priscila Martiniano da Silva, filha de Jailson, que por coincidência, conhece o funcionário dos Correios. Priscila contou que o caminhão do pai foi roubado e por isso não havia previsão para ele voltar, pois estava cuidando da parte burocrática.

Atego 2430: o prêmio da promoção Compre e Concorra
Atego 2430: o prêmio da promoção Compre e Concorra

Onde estava Jailson afinal?

Uma semana antes de se tornar o grande sortudo da promoção Compre e Concorra, José Jailson teve o caminhão em que trabalha, um Mercedes-Benz 2644 roubado. Em uma viagem ao Nordeste, chegando em Goiânia, a bateria do caminhão parou de pegar e foi necessário esperar um parceiro de João Pessoa ir ao seu encontro para auxiliar no reparo do bruto.

Enquanto isso, Jailson deixou o caminhão estacionado próximo a um posto, mas no dia seguinte, ao buscar pelo pesado, ele havia “desaparecido” junto com o carregamento de cerveja, produto que José Jailson transporta por toda a região Nordeste. Para sua sorte, o cavalo foi encontrado, já a carga, como ele mesmo menciona, “deve estar servindo para alguém curtir o carnaval.”

Veja também: Segundo Atego 2430 da Caravana Siga Bem vai para caminhoneiro da Paraíba

Caminhão na veia

A paixão por caminhões veio do pai, José Nivaldo da Silva, motorista do estado, que dirigia caçamba e às vezes dava umas voltas com o filho. Daí não tinha mais jeito: Jailson se apaixonou pelos pesados e desde 1991 não saiu mais da boleia. A partir de então, transportou muitos produtos, principalmente frutas, como abacaxi. Atualmente, o caminhoneiro é agregado a uma empresa que presta serviços para uma marca de cerveja na região Nordeste.

“Ter um caminhão próprio sempre foi um sonho” afirma José Jailson da Silva
“Ter um caminhão próprio sempre foi um sonho”, afirma José Jailson da Silva, sorteado entre mais de 700 mil cupons

Caravana Siga Bem

Jailson afirma que só abastece nos postos BR, pois o óleo é “o melhor”. O Posto Via Sul, em São Miguel dos Campos (AL) é um dos lugares em que o motorista abastece o bruto. O local também é um dos pontos onde a Caravana Siga Bem realiza suas festas.

Depois de anos acompanhando as paradas pela TV, foi no evento em Goiana (PE) que Jailson conseguiu realizar o sonho de conhecer o projeto. E foi na festa da Caravana Siga Bem no Posto Albuquerque Pneus que ele garantiu o número da sorte que lhe rendeu o Atego 2430. “Eu entrava no site para olhar a programação, mas nunca passavam perto de onde eu estava. Pude participar em 2016 e gostei muito da festa”, afirma.

Sonhos

Jose Jailson é um grande sonhador, e aos 45 anos a conquista do caminhão próprio chegou. “Eu sempre sonhei com meu caminhão próprio e graças a Deus esse dia chegou”, afirma. A notícia foi recebida aos gritos pela esposa que recebeu uma mensagem pelo celular. O motorista acabou perdendo o horário do programa devido ao fim do horário de verão. A emoção tomou conta de Jailson e desde então, ele segue a fazer o que foi citado no início do texto: assiste ao vídeo várias e várias vezes até ter certeza de que esse sonho não é uma perfeita ilusão.

3 Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO